Vídeos

Em 14 de abril de 1985, antes mesmo de tomar posse, Tancredo Neves, presidente eleito indiretamente pelo Colégio Eleitoral, foi internado às pressas no Hospital de Base de Brasília. Em seu lugar foi empossado o vice José Sarney. Foram diversas cirurgias até seu falecimento, em 21 de abril.
Antes mesmo da derrota da Emenda Dante de Oliveira, Tancredo Neves já era apontado como um possível candidato às eleições indiretas no país. Em 15 de janeiro de 1984, com 480 votos Tancredo se torna o primeiro civil eleito Presidente da República desde a instauração do golpe, em 1964.
A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 05/1983, apresentada pelo então Deputado Federal Dante de Oliveira,  propunha o restabelecimento das eleições diretas para Presidente da República, extintas desde 1964, quando o golpe destituiu o presidente João Goulart e instaurou um regime militar. A votação da Emenda aconteceu em 25 de abril de 1984.
No dia 16 de abril de 1984 milhões de pessoas se reuniram no Vale do Anhangabaú, no centro de São Paulo, para o que seria considerado o maior comício pelas Diretas Já; o último antes da votação da Emenda Dante de Oliveira.
Para além do movimento pelas Diretas e tendo em vista a possível disputa presidencial no Colégio Eleitoral, alguns entrevistados comentam sobre as articulações dos candidatos da época com o governo militar.
Em 1984, o aniversário da cidade de São Paulo foi marcado por um dos maiores comícios da Campanha das Diretas Já. No dia 25 de janeiro a Praça da Sé foi tomada por milhares de civis, estudantes, políticos, jornalistas e artistas.
Em 1983, milhares de pessoas se reuniram na Praça Charles Miller, no Pacaembu, para o que seria considerada a primeira manifestação pública em São Paulo a favor das eleições diretas. Acompanhe alguns depoimentos de entrevistados sobre o evento em questão.
Relatos sobre primeiro contato com a política.
Paulo Markun propõe aos entrevistados a criação de um verbete: o que foi a Campanha das Diretas Já?