Brasil Nunca Mais

Em 1979, um grupo de religiosos e advogados iniciou um projeto extremamente ambicioso: obter junto ao Superior Tribunal Militar, em Brasília, informações e evidências de violações aos direitos humanos praticadas por agentes do aparato repressivo do Estado durante a ditadura militar, que ainda não acabara, para produzir um livro-denúncia.

Os advogados, entre os quais a advogada Eny Raimundo Moreira e a equipe do escritório do advogado Sobral Pinto, perceberam que os processos relacionados a presos políticos poderiam ser reproduzidos, aproveitando-se do prazo de 24 horas facultado pelo Tribunal para a custódia provisória de autos. Copiaram os documentos um a um em total sigilo. Era nitroglicerina pura: havia uma das únicas fontes capazes de reproduzir o que ocorrera nos cárceres e locais de tortura: as denúncias feitas por parte dos presos políticos, detalhando as violências que tinham sofrido. A qualquer momento, aquela papelada valiosa poderia desaparecer, ainda mais na hipótese cada vez mais próxima de redemocratização.

A ideia foi acolhida pelo Reverendo da Igreja Presbiteriana Jaime Wright e pelo cardeal de São Paulo, d Paulo Evaristo Arns, que conseguiram os recursos necessários junto ao Conselho Mundial de Igrejas. Alugaram uma sala comercial em Brasília próxima ao Superior Tribunal Militar e três máquinas copiadoras e contrataram alguns estagiários. Dali, as cópias seguiam para São Paulo, inicialmente em ônibus, aviões de carreira e automóveis, onde foi tudo microfilmado. Foram seis anos de trabalho até reproduzirem documentos de 707 processos judiciais. No total, 1 milhão de cópias em papel e 543 rolos de microfilmes.

O primeiro produto foi um documento-mãe, o Projeto A, com a análise e a catalogação das informações constantes dos autos dos processos judiciais em 6.891 páginas divididas em 12 volumes. Nessa etapa, os pesquisadores identificaram quantos presos passaram pelos tribunais militares, foram formalmente acusados, presos, torturados e quantas pessoas tinham desaparecido. Também foram catalogadas as modalidades de mais praticadas, a localização dos centros de detenção e os nomes dos médicos que davam plantão junto aos porões, bem como agente identificados pelos presos políticos.

Para tornar o conteúdo mais acessível, dom Paulo imaginou o Projeto B , um resumo do Projeto A em um espaço 95% menor, tarefa a cargo dos jornalistas Ricardo Kotscho e Carlos Alberto Libânio Christo (Frei Betto), coordenados por Paulo de Tarso Vannuchi. O material acabou publicado no Brasil e nos Estados Unidos. Aqui, saiu pela Editora Vozes (vinculada à Igreja Católica) sob o título de Brasil: Nunca Mais.

Toda a documentação do projeto, foi doada para a Universidade Estadual de Campinas, a instituição aceitou a documentação, com a promessa de disponibilizar amplamente o material para consulta e permitir sua reprodução. Vinte e cinco cópias do Projeto A, encadernadas em capa dura, preta com letras douradas foram entregues a universidades, bibliotecas e centros de documentação de entidades dedicadas à defesa dos direitos humanos no Brasil no exterior.

No Brasil, desde 2005 o pesquisador Marcelo Zelic criou o Centro de Referência Virtual Brasil Nunca Mais, com a disponibilização na rede mundial de computadores da íntegra do Projeto A, totalmente digitalizado e indexado. Esse projeto foi desenvolvido pela organização não-governamental Instituto Paulo Freire, no portal Armazém Memória (www.armazemmemoria.com.br), com recursos da FINEP (Ministério da Ciência e da Tecnologia).

O Armazém Memória é parceiro do Arquivo Nacional na Rede Nacional de Cooperação e Informações Arquivísticas – Memórias Reveladas, que visa reunir entidades públicas e privadas e pessoas físicas que possuam acervos de interesse da temática das lutas políticas e sociais no período do regime militar no Brasil.

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Episódios

Episódios

A morte de Vladimir Herzog

Vladimir Herzog morreu no dia 25 de outubro de 1975, durante uma sessão de tortura, na rua Tomás Carvalhal, 1030,...
Leia mais
Episódios

AI-5

Quinto de uma série de decretos emitidos pelo regime militar, o Ato Institucional nº5 é diferente dos demais. Tido como...
Leia mais
Episódios

Anistia

No dia 2 de abril de 1964, o jornalista Austregésilo de Athayde publicou um artigo no Diário da Noite, pedindo...
Leia mais
Episódios

Atos institucionais

O instrumento utilizado pelos militares para impor a nova ordem foram os atos institucionais. Era uma forma de dar alguma...
Leia mais
Episódios

Brasil Nunca Mais

Em 1979, um grupo de religiosos e advogados iniciou um projeto extremamente ambicioso: obter junto ao Superior Tribunal Militar, em...
Leia mais
Episódios

Censura

A censura não se instalou nas redações imediatamente após o golpe militar. Grande parte dos jornais apoiava o movimento. Os...
Leia mais
Episódios

Comício da Central

“Desgraçada Democracia a que tiver que ter que ser defendida por esses democratas” Com a temperatura política cada vez mais...
Leia mais
Episódios

Congresso de Ibiúna

“Dirceu – cabelo comprido, barba por fazer, olhar cansado –, disse a seu velho rival na disputa pela liderança na...
Leia mais
Episódios

Diretas Já

Desde que o primeiro ato institucional permitiu a eleição indireta do marechal Castello Branco, as diretas passaram a fazer parte...
Leia mais
Episódios

Eleições de 1982

As primeiras eleições diretas para governador após o golpe militar ( e a parcial de 1965) aconteceram em 15 de...
Leia mais
Episódios

Exílio

O golpe militar acabou com o governo de Jango e jogou centenas de governistas na oposição. Ao mesmo tempo, a...
Leia mais
Episódios

Frente Ampla

Calros Lacerda, ex-governador da Guanabara e participante ativo do golpe de 1964 logo se desencantou com o regime militar, que...
Leia mais
Episódios

Generais no poder

João Baptista de Oliveira Figueiredo foi o último general a chegar à presidência da República na ditadura. A ele caberia...
Leia mais
Episódios

Golpe de 64

30 de março de 1964, madrugada. Em Juiz de Fora, o general Olympio Mourão Filho, prestes a se aposentar, ouviu...
Leia mais
Episódios

Greves do ABC

Na edição de primeiro de abril de 1964, o Jornal do Brasil informou que Comando Geral dos Trabalhadores decretara greve...
Leia mais
Episódios

Legalidade

Eleito vice-presidente para o período 1956 a 1960, João Goulart se reelegeu para o cargo, que assumiu em 1961. Obteve...
Leia mais
Episódios

Luta Armada

Foi Leonel Brizola quem primeiro tentou derrubar a ditadura de 1964 pelas armas. Chegou mesmo a estabelecer um contato direto...
Leia mais
Episódios

Maria Antônia

Quem passasse pela rua Maria Antônia, no centro de São Paulo no dia 2 de outubro de 1968, seria surpreendido:...
Leia mais
Episódios

MDB e Arena

O golpe militar de 1964 não acabou imediatamente com os partidos políticos existentes, muito embora o primeiro dos atos institucionais...
Leia mais
Episódios

Morte de Edson Luís

Relatório das circunstâncias da morte de Edson Luiz Dados PessoaisNome: Edson Luis de Lima SoutoCidade: (onde nasceu) BelémEstado: (onde nasceu)...
Leia mais

Personagens

Personagens

Dante de Oliveira

Desde que o primeiro ato institucional permitiu a eleição indireta do marechal Castello Branco, as diretas passaram a fazer parte...
Leia mais
Personagens

Franco Montoro

Filho de um tipógrafo descendente de italianos e de uma dona de casa descendente de espanhóis, André Franco Montoro nasceu...
Leia mais
Personagens

João Figueiredo

João Baptista de Oliveira Figueiredo foi o último general a chegar à presidência da República na ditadura. A ele caberia...
Leia mais
Personagens

José Dirceu

Aos 22 anos, o líder dos estudantes paulistas era mineiro, mas nem um pouco discreto. Do teto de um ônibus...
Leia mais
Personagens

Leonel Brizola

Nasceu Brizola, mas não Leonel: até um ano e três meses sua mãe, Onívia de Moura Brizola, só o chamava...
Leia mais
Personagens

Lula

Luis Inácio da Silva nasceu no dia 27 de outubro de 1947 numa pequena casa rural com a uma légua...
Leia mais
Personagens

Mário Covas

Mário Covas Júnior nasceu no dia 21 de abril de 1930, em santos, no litoral paulista. Filho de um português...
Leia mais
Personagens

Miguel Arraes

Único filho homem e o caçula dos sete irmãos, Miguel Arraes de Alencar nasceu em 15 de dezembro de 1916...
Leia mais
Personagens

Paulo Evaristo Arns

Ele chefia oito bispos, 2.100 sacerdotes, quase 300 paróquias, 4.000 freiras pertencentes a 124 organizações e meia centena de grupos...
Leia mais
Personagens

Tancredo Neves

Quinto dos doze filhos de Francisco de Paula Neves, um misto de comerciante e político com Antonina de Almeida Neves,...
Leia mais
Personagens

Teotônio Vilela

Um dos dez filhos de um bem sucedido proprietário rural, o alagoano Teotônio Brandão Vilela nasceu em Viçosa no dia...
Leia mais
Personagens

Ulysses Guimarães

Primeiro dos cinco filhos da professora Amélia Correa Fontes e do coletor de impostos Ataliba Guimarães, Ulysses Silveira Guimarães nasceu...
Leia mais