Livros

Dom Paulo Evaristo Arns, o cardeal do Povo. Com Getulio Bittencourt, 1979. Editora Alfa Ômega. Coleção História Imediata.

A Máfia manda flores. Mariel, o fim de um mito. Com Ernesto Rodrigues, 1981. Editora Global.

Vlado. Retrato de um homem e de uma época. Organizador, com vários autores. Editora Brasiliense. 1985.

Como perder as eleições. Ou táticas e estratégias para evitar que isso aconteça. Feeling Editorial. 1988. Manual de marketing político para candidatos a vereador.

Anita Garibaldi, uma heroína brasileira. Editora Senac. 1999. Lançado na Itália também. Finalista do prêmio Jabuti.

O Sapo e o príncipe. Editora Objetiva. 2004. Biografia cruzada de Fernando Henrique Cardoso e Luís Inácio Lula da SIlva.

1961. Que as armas não falem. Com Duda Hamilton. Editora Senac. 2001. A história da crise causada pela renúncia de Jânio Quadros e pela rejeição dos militares à posse de Jango.

Muito além de um sonho – a história da Unisul. Com Duda Hamilton. Editora Unisul. 2001. A história da maior universidade do sul catarinense.

O Melhor do Roda Viva – Internacional/ Cultura/Política e Economia

Um criterioso trabalho de edição permitiu selecionar as conversas mantidas diante das câmeras durante 19 anos, transformando-as 60 melhores entrevistas em texto, eternizando assim em três volumes, os pensamentos, as histórias e as opiniões das personalidades mais relevantes focalizadas pelo programa. O sumo das idéias de casa entrevistado é acompanhado por dados e informações iniciais sobre cada um, permitindo ao grande público situar suas afirmações e opiniões no tempo e no espaço. Conex Editora 2005

Três volumes: Internacional, Cultura e Política e Economia para as 60 melhores entrevis

Cabeza de Vaca. Companhia das Letras. 2009. Finalista do prêmio Jabuti. Melhor biografia do ano para a Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Meu querido Vlado. Editora Objetiva. 2005. A história do jornalista assassinado no Doi-Codi e de seus companheiros de geração.

Brado Retumbante. Do golpe às diretas. 2 volumes. Editora Benvirá. 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *